quarta-feira, 30 de junho de 2010

Luiz Couto anuncia 200 ônibus escolares para o Estado da Paraíba

Alunos da Educação Básica serão beneficiados, em breve, com 200 ônibus do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação no Estado da Paraíba. A informação é do deputado federal Luiz Couto (PT), que vem lutando e acompanhando o Programa “Caminho da Escola”, junto ao Ministério da Educação.

Segundo Couto, o ministro da Educação, Fernando Haddad, lhe garantiu a liberação de R$ 37.520.000,00 (Trinta e Sete Milhões, Quinhentos e Vinte mil Reais) para que até o fim do ano todos os municípios da Paraíba possam receber pelo menos um ônibus do programa Caminho da Escola.

O programa Caminho da Escola foi criado em 2007 com o objetivo de renovar a frota de veículos escolares, garantir segurança e qualidade ao transporte dos estudantes e contribuir para a redução da evasão escolar, ampliando, por meio do transporte diário, o acesso e a permanência na escola dos estudantes matriculados na educação básica da zona rural das redes estaduais e municipais.

O programa também visa à padronização dos veículos de transporte escolar, à redução dos preços dos veículos e ao aumento da transparência nessas aquisições. Desde sua criação até fevereiro de 2010, o Caminho da Escola já atendeu 2.697 municípios brasileiros.

No total, foram adquiridos 5.721 ônibus escolares. O deputado informa que existem três formas para estados e municípios participarem do Caminho da Escola: com recursos próprios, bastando aderir ao pregão; via convênio firmado com o FNDE; ou por meio de financiamento do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), que disponibiliza linha de crédito especial para a aquisição de ônibus zero quilômetro e de embarcações novas.


Fonte: ParlamentoPB

Danou-se: Serra abandona Álvaro Dias e coloca como vice na chapa deputado do DEM acusado de fraudar licitação de merenda escolar

Leia a seguir trechos da matéria publicada no site da vereadora do PSDB do Rio de Janeiro, Andrea Gouvêia Vieira, sobre o vice que José Serra colocou na sua chapa que já nasce “fria”. Serra escolheu o deputado federal Índio da Costa (foto) do DEM do Rio de Janeiro, que apesar de ter sido o relator do projeto Ficha Limpa, está sendo acusado de irregularidades em licitações e fornecimento de merendar escolar quando ele foi secretário na cidade do Rio de Janeiro em 2005. Veja bem! Quem afirmou isso foi a vereadora do PSDB, partido de Serra. Danou-se!

"O Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação, órgão do Ministério da Educação, confirmou parecer do Conselho de Alimentação Escolar CAE, que apontou irregularidades na execução, pela Prefeitura do Rio, do Programa Nacional de Alimentação Escolar, em 2005. O ofício do Ministério da Educação foi enviado ao prefeito Cesar Maia (DEM).

O parecer do CAE, confirmado pelo FNDE, diz que houve irregularidades, tanto na licitação para aquisição de gêneros alimentícios quanto na execução do contrato. O CAE constatou que a empresa Milano, vencedora de 99% do fornecimento de alimentos para a rede municipal de ensino, forneceu aos alunos carnes de má qualidade, oriundas do frigorífico Calombé, que, além disso, está inscrito na dívida ativa da Prefeitura. De acordo com as normas de licitação, estando nessa situação não poderia fornecer os alimentos. Mais: a Milano e a Calombé pertencem à mesma família.

A vereadora Andrea Gouvêa Vieira (PSDB), membro do CAE, foi relatora da CPI da Câmara Municipal que apurou as suspeitas sobre as irregularidades na licitação e no fornecimento da merenda. No seu parecer, o CAE utilizou informações desta Comissão Parlamentar de Inquérito. O relatório da CPI foi entregue no início do mês ao Ministério Público Federal e à Delegacia Fazendária, que investigam o caso. O documento relatado por Andrea Gouvêa Vieira pede a responsabilização civil e criminal do ex-secretário municipal de Administração Índio da Costa (DEM) e da secretária municipal de Educação, Sonia Mograbi.

-Dinheiro público é sagrado e deve ser destinado exclusivamente ao bem-estar
do cidadão. A omissão e as irregularidades nesse caso são ainda mais graves porque prejudicaram a alimentação dos alunos das escolas municipais - disse a vereadora."

Dilma terá dois palanques na Paraíba. Ricardo Coutinho também está com Dilma

O presidente do PT de João Pessoa, o advogado Antonio Barbosa Filho, afirmou que em recente conversa com o presidente do Diretório Nacional da Partido dos Trabalhadores em Brasília, José Eduardo Dutra, teria assegurado a formação de um segundo palanque na Paraíba para a presidenciável do partido, Dilma Rousseff. Segundo ele, a tese seria autorizada pela decisão tomada do IV Congresso Nacional do PT que garantiu dois ou mais palanques nos Estados quando os aliados apoiassem a candidatura de Dilma.

Barbosa destacou que a existência de dois palanques é uma necessidade da atualidade política no Estado e que o PSB faz parte da base de sutentação do governo Lula e que, inclusive retirou a candidatura de Ciro Gomes para presidente para apoiar a postulação da ex-ministra de Lula.

"Pela primeira vez em 30 anos, a tradição de os partidos marcharem rigorosamente unidos em torno de uma única candidatura, perde força para a atualidade política, uma vez que é praticamente impossível termos alianças ideológicas coesas frente à fragilidade dos partidos", disse Barbosa.

O petista enfatizou que o candidato do PSB, Ricardo Coutinho tem um projeto político para o Estado, alinhado com o Governo Lula, notadamente nas políticas públicas de Habitação, Educação e Segurança Pública, inclusive já referenciado na gestão que realizou na capital.

"Essa complexa conjutura política exige a criação de comitês suprapartidários em torno da candidatura de Dilma Rousselff, uma vez que a eleição nacional se sobrepõe às realidades estaduais", finalizou Barbosa.
.
Fonte: ParlamentoPB

Palavra do leitor: Será que vale apena ser hexa?

A seguir, texto enviado pelo professor Marciano Dantas de Medeiros, leitor do nosso blog na bela capital potiguar Natal:

De quatro em quatro anos, é a mesma coisa. As pessoas ficam empolgadas com a Seleção Brasileira, há muita festa, alegria e tudo mais.

A CBF prometeu um bicho gordo para os jogadores em caso do Brasil conseguir o titulo. Aí eu pergunto. Será se esse dinheiro que a CBF vai dar aos jogadores vai sair do bolso do seu presidente, o corrupto Ricardo Teixeira?

Enquanto as pessoas ficam ligadas na TV, escutando as baboseiras de Galvão Bueno (ou Babão Bueno), gastando seu mísero salário com bebidas, enfeites para a copa, e outros mais, milhões de pessoas vivem passando fome, outras não tem onde dormir, sem contar nos desabrigados das enchentes do Nordeste e de outras partes do país.

Agora eu pergunto. Será se esse dinheiro que a CBF prometeu a esses jogadores que já ganham um absurdo, tirando do que nós pagamos de impostos, eles vão ajudar à essas pessoas que estão necessitadas? Ou será se eles vão apenas usar para engordar suas contas bancárias?

Infelizmente, é isso que os governantes querem. É a verdadeira política do “Pão e Circo”, como faziam os imperadores romanos, que diante da miséria do povo, realizavam espetáculos, através das lutas dos gladiadores. Ou seja, eles querem que as pessoas fiquem ligadas e empolgadas na Seleção Brasileira para esquecer as mazelas pela qual passa o nosso povo sofrido, que trabalha todos os dias para ganhar um salário que mal dá para pagar suas contas.

Para encerrar eu pergunto: os jogadores, que já estão ricos, merecem ganhar essa fortuna para engordar suas contas bancárias? E você, vai ganhar alguma coisa em caso da seleção ser campeã?

Professor Marciano Dantas de Medeiros – Natal – RN.

Irmão de Álvaro Dias, vice de Serra, se lança ao governo e dá palanque para Dilma no Paraná

Não bastasse a crise com DEM, a chapa José Serra-Álvaro Dias sofreu ontem um novo revés. O senador Osmar Dias (PDT-PR) anunciou a decisão de concorrer ao governo do Paraná, consolidando palanque para a petista Dilma Rousseff no Estado.

Acertada ontem numa reunião entre Osmar e o ministro do Trabalho, Carlos Lupi, a decisão representa um duplo golpe para a candidatura de Serra. Além de oferecer um palanque para Dilma, desmonta o principal argumento em favor de Dias na queda-de-braço entre PSDB e DEM para indicar o vice de Serra.
.
Leia mais clicando AQUI no Blog da Dilma

Uma charge absurda. Não se brinca com a dor alheia

Vendo no blog Terra Brasilis a charge do Humberto do Jornal do Commercio do Recife, percebemos que certas “brincadeiras” têm limites. Mesmo partindo de humoristas, ou cartunistas. E não venham me dizer que isso afronta a liberdade de expressão ou outras coisas mais. É claro que ficamos felizes com a vitória da seleção brasileira contra o Chile. Mas, não é por isso que vamos “brincar” com o povo chileno que passou por uma tragédia recentemente com o forte terremoto.

terça-feira, 29 de junho de 2010

Deu no Jornal do Brasil: DILMA mostra segurança em sabatina e postura de chefe de Estado


Jornal do Brasil

DA REDAÇÃO - A candidata do PT à Presidência, Dilma Rousseff, passou segunda-feira por um difícil teste, às vésperas do início oficial da campanha eleitoral deste ano. Dilma foi sabatinada pela banca de entrevistadores do programa Roda Viva, da TV Cultura, e saiu-se bem. A petista demonstrou firmeza e postura de chefe de Estado.

Na berlinda, Dilma respondeu com segurança a perguntas relativas a diversas áreas do governo, revelando conhecimento de causa. Nos últimos oito anos, a candidata esteve na linha de frente das decisões do governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, ao qual pretende dar continuidade.

A ex-ministra chefe da Casa Civil discorreu sobre temas econômicos e de infraestrutura, mas deu ênfase à área social como um dos carros-chefes da administração petista. Sobre a distribuição de renda no país, Dilma disse que, durante o governo Lula, os estratos mais ricos ganharam, mas não na proporção que os mais pobres, que foram os mais beneficiados devido ao rol de políticas públicas sociais como a expansão do Bolsa Família e o programa de habitação Minha Casa, Minha Vida.

A candidata reafirmou o seu compromisso com a liberdade de imprensa e disse que não irá processar qualquer jornalista devido aos rumores envolvendo a confecção de um suposto dossiê petista contra o candidato adversário, o tucano José Serra. Mas ressaltou que é preciso haver responsabilidade no ato de informar, cabendo o ônus da prova a quem denuncia. Na área de saúde, Dilma considerou muito boa a experiência das Unidades de Pronto Atendimento (UPAs), iniciativa do governo Sérgio Cabral, no estado do Rio.

Crise na oposição

Em entrevista segunda-feira à rádio CBN, o presidente nacional do PSDB, senador Sérgio Guerra, afirmou que a indefinição do vice na chapa de oposição poderia botar a perder a eleição de Serra:

– Eu temo que nesse episódio nós tenhamos atuado para comprometer a nossa vitória.

Caso Aryane continua: Promotor apresenta denúncia contra Luís Paes Neto e diz que as evidências do crime são contudentes contra o estudante de Direito

O promotor Alexandre Varandas apresentou nesta segunda-feira (28) denúncia contra o estudante do curso de direito do Unipê, Luís Paes de Araújo Neto, acusado da morte de Aryane Thaís Carneiro de Azevedo, ao 1º Tribunal do Júri da Capital. Ele disse que há inúmeras evidências que apontam para o acusado (agora, oficialmente, segundo Alexandre) como o principal suspeito do crime, ocorrido em abril passado.

“Entre as evidências contundentes de que o Luís Paes é o autor do crime estão as versões apresentadas pelo acusado durante os depoimentos, os gravetos encontrados dentro do veículo dele e que conferem com o tipo de vegetação encontrada no lugar onde o corpo da vítima foi localizado e até os telefonemas que ele fez no dia do crime, entre outras situações que apontam para ele”, afirmou Alexandre.

O promotor explicou que, após a denúncia, o acusado será intimado para apresentar a sua defesa escrita, em que ele pode chamar mais testemunhas de defesa ou outros dados que achar relevante, o que pode fazer com que a primeira audiência sobre o caso no Tribunal do Júri demore a acontecer. Ele disse ainda que a Justiça tem um prazo legal de 81 dias para marcar a audiência e que os peritos responsáveis pelos laudos apresentados junto ao inquérito serão chamados para prestar depoimento.


Por Alessandra Bernardo, do CORREIO

Torpedão 150: Sem truculência caros policiais! Sem truculência!

O nosso blog recebeu a informação que alguns policiais teriam dado fortes tapas num jovem da Rua Joaquim Rodrigues, localizada na Comunidade do Tribofe em Belém, de forma gratuita na noite de ontem, véspera de São Pedro. O rapaz estaria soltando os famosos busca-pés, um tipo de fogos de artifícios, inclusive com filhos de vereadores e até mesmo de policias militares, quando, juntamente com outros jovens, foi revistado por PMs do novo pelotão que se instalou recentemente em Belém. O fato é que os PMs estão corretos em coibir abusos em relação a essa tradicional e perigosa brincadeira do período das festas juninas, porém, policiais bem preparados para garantir a segurança da comunidade não devem, e não podem, usar de truculência nas abordagens. Abuso de autoridade também é crime.

"Precisamos dar educação de qualidade e para isso precisamos colocar o professor no centro da questão", afirma DILMA em entrevista no Roda Viva


A candidata do PT, Dilma Rousseff, afirmou hoje (28), durante entrevista ao programa Roda Viva, da TV Cultura, que a população mais pobre tem sentido os efeitos inéditos de um "crescimento chinês" e forte nos níveis de renda. Segundo ela, os motivos são os programas sociais do governo e, principalmente, a renda obtida com emprego de carteira assinada.

Saúde

Segundo dilma, o grande desafio da saúde é fortalecer o Sistema Único de Saúde (SUS). "Existe o programa de Saúde da Família, que reforçamos muito, os postos de saúde e os hospitais. Sou a favor das UPAs [Unidade de Pronto Atendimento] iniciadas há três anos pelo governo, que atendem urgência e emergência”, afirmou, ressaltando a importância das clínicas especializadas para atender casos que não sejam de alta complexidade, em que o atendimento é no hospital.
.
Impostos

Dilma defendeu uma Reforma Tributária que reduza a zero o peso dos impostos nos investimentos das empresas e diminua a carga sobre a folha de pagamento de salários. Contudo, ela disse que pode se fazer um grande avanço no sistema tributário com medidas pontuais.
.
Educação

A petista disse que o país precisa garantir educação de qualidade para todos. Para isso, de acordo com ela, é fundamental levar ensino técnico profissionalizante para todos os municípios com mais de 50 mil habitantes e elevar a qualificação dos professores.

Ela salientou ainda que a leitura dever voltar a ser obrigatória nas salas de aula. “Fazer aquilo que se fazia no país um ler para o outro em voz alta. Com isso, a gente aprendia e interpretava o texto também. Isso e matemática são fundamentais para nossas crianças”.

“Precisamos dar educação de qualidade e para isso precisamos colocar o professor no centro da questão. Para isso é necessário um salário mínimo. Demos um primeiro passo com isso com o piso do magistério, mas precisa melhorar. Um segundo passo é formação continuada dos professores. É inaceitável que professores do Ensino Básico e Médio não tenham formação superior", acrescentou.
.
Leia a matéria completa no blog oficial da Presidenta Dilma :
.
.
Siga também o Twitter oficial de Dilma:

www.twitter.com/dilmabr

segunda-feira, 28 de junho de 2010

"Ou a gente fala pra todas as emissoras de TV ou não fala pra nenhuma", responde Dunga a Fátima Bernardes

Do Blog de Juliana Weis

Segunda-feira, véspera do jogo de estréia da seleção brasileira contra a Coréia do Norte, por volta de 11 horas da manhã, hora local na África do Sul. Eis que de repente, aportam na entrada da concentração do Brasil, dona Fátima Bernardes, toda-poderosa Primeira Dama do jornalismo televisivo, acompanhada do repórter Tino Marcos e mais uma equipe completa de filmagem, iluminação etc.

Indagada pelo chefe de segurança do que se tratava, a esposa do poderoso William Bonner sentenciou: “Estamos aqui para fazer uma REPORTAGEM EXCLUSIVA para a TV Globo, com o treinador e alguns jogadores...”

Comunicado do fato, o técnico Dunga, PESSOALMENTE dirigiu-se ao portão e após ouvir da sra. Fátima o mesmo blá-blá-blá, foi incisivo, curto e grosso, como convém a uma pessoa da sua formação: “Me desculpe, minha senhora, mas aqui não tem essa de “REPORTAGEM EXCLUSIVA” para a rede Globo. Ou a gente fala pra todas as emissoras de TV ou não fala pra nenhuma...”

Brilhante!!! Pela vez primeira em mais de 40 anos, um brasileiro peitava publicamente a Vênus Platinada!!!

“Mas... - prosseguiu dona Fátima - esse acordo foi feito ontem entre o Renato ( Maurício Prado, chefe de redação de esportes de O Globo ) e o Presidente Ricardo Teixeira. Tenho autorização para realizar a matéria”.

Dunga: - “Não tem autorização nem meia autorização, aqui nesse espaço eu é que resolvo o que é melhor para a minha equipe. E com licença que eu tenho mais o que fazer. E pode mandar dizer pro Ricardo ( Teixeira ) que se ele quer insistir com isso, eu entrego o cargo agora mesmo!” O treinador então virou as costas para a supra sumo do pedantismo e saiu sem ao menos se despedir.

Não é pouco: Milhares de TV’s deixam de sintonizar a Globo durante jogos do Brasil

Do início da copa até o terceiro jogo, 8 em cada 100 TVs ligadas já mudaram de canal.

Em 10 milhões de TV's, 800 mil já mudaram da Globo para outro canal.

*Confira na tabela abaixo a medição do Ibope sobre a audiência nos três primeiros jogos do Brasil, na Região da Grande São Paulo. Região onde a Rede Globo tem seu maior faturamento financeiro com anunciantes.

*Grifo do blog

Fonte: Blog Os Amigos do Presidente Lula

Eu que mando: José Maranhão frustra Manoel Júnior, e deputado não será candidato ao Senado. Já Raniery Paulino diz que não “digeriu” exclusão do pai

O deputado federal Manoel Júnior (PMDB) voltou atrás e decidiu não bater chapa com o pré-candidato ao Senado Federal Wilson Santiago por um pedido do PMDB e de aliados políticos. Segundo Wilson, o deputado peemedebista já anunciou a desistência de disputar uma das vagas no Senado.

“Ele me telefonou e disse que não tem interesse em bater chapa comigo nem com Vitalzinho. Ele desistiu por um pedido de aliados e do próprio PMDB”, disse Santiago.

[Já] o deputado Raniery Paulino, líder do PMDB na Assembleia Legislativa, demonstrou, há pouco em entrevista ao Parlamentopb, que não “digeriu” muito bem a exclusão do seu pai, o ex-governador Roberto Paulino, de uma possível candidatura a senador na chapa encabeçada pelo governador José Maranhão, pré-candidato à reeleição. Em entrevistas à Guarabira FM e Rádio Rural, Roberto chegou a dizer no final de semana que não aceitaria uma suplência, caso lhe fosse oferecida.
.
Fontes: PolíticaPB e ParlamentoPB

Guerra à vista no PMDB da Paraíba: Manoel Júnior pretende disputar indicação para o senado contra Wilson Santiago. Ninguém ousa mexer em Vitalzinho


O deputado federal Manoel Júnior (PMDB) saiu-se com uma declaração surpreendente depois que o governador José Maranhão (PMDB) anunciou a chapa com a qual concorrerá à reeleição, composta pelo vice Rodrigo Soares e tendo Wilson Santiago e Vital Filho como dois candidatos ao Senado. O parlamentar admitiu que poderá bater chapa com o colega Wilson Santiago em busca de uma vaga ao Senado. Em sua postulação, o suplente seria o empresário e atual senador Roberto Cavalcanti (PRB), dono do Sistema Correio de Comunicação. [ e que responde a um processo na Justiça Federal por corrupção ativa, estelionato, formação de quadrilha, uso de documentos falsos e crimes contra a paz pública]*

Manoel afirmou que ainda não há definição sobre sua postulação, mas garantiu que vai sondar as lideranças peemedebistas a respeito da possibilidade. Já o senador Roberto Cavalcanti está viajando com a família e deve deflagar sua busca por um espaço na chapa já a partir desta segunda-feira, quando retorna à Paraíba.

Semanas atrás, Roberto admitiu compor a chapa majoritária na condição de suplente de Manoel Júnior. Ele não explicou o motivo, mas sabe-se que são fortes as cotações de Manoel para ser o candidato do PMDB à Prefeitura de João Pessoa em 2012. Com a licença dele para a disputa, a titularidade seria exercida pelo empresário do Correio da Paraíba.

A convenção do PMDB será realizada na próxima quarta-feira, 30, na casa de shows Forrock.

Fonte: ParlamentoPB

*Grifo do blog

Belenense Ricardo Marcelo não declara voto a Ricardo Coutinho, e poderá declarar oficialmente apoio ao governador José Maranhão


O presidente da Assembleia Legislativa da Paraíba, deputado Ricardo Marcelo (PSDB), disse que o objetivo do partido este ano é a eleição do ex-governador Cássio Cunha Lima [e a eleição] do maior número de deputados federais e estaduais.

“Este ano o objetivo principal do nosso partido é a eleição de Cássio para senador. Vamos tentar também eleger o maior número de deputados federais e estaduais. Por isso, não estamos lançando candidato próprio ao governo”, falou o deputado.

Com relação à candidatura ao governo estadual o presidente da AL, embora seja peessedebista, disse que ainda não definiu quem irá apoiar. Ricardo Marcelo disse que está fazendo uma avaliação para decidir quem vai receber seu apoio.

Do PolíticaPB com informações de André Gomes

domingo, 27 de junho de 2010

O triste fim do DEMos


Do Blog Terra Brasilis

Que ironia! Em 2005, o presidente do DEM ex-PFL, Jorge Bornhausen, disse que iria "acabar com essa raça", referindo-se ao PT. Na verdade, é o DEM que está prestes a se acabar. O DEM desmoronou com o mensalão do DF, criado e dirigido pelo único governador que eles haviam eleito, o Arruda. O DEM sempre apoiou o PSDB, e a tábua de salvação do DEM seria indicar o vice do Serra. Acabaria de forma menos humilhante, poderia dizer que caiu de pé. É obvio que o DEM vai perder muitas cadeiras no Senado e no Câmara, inclusive por causa da lei da Ficha Suja.

O Serra/PSDB, no desespero por sua queda nas pesquisas eleitorais, deu uma rasteira no DEM. Vai apresentar como vice o Álvaro Dias, do PSDB, fazendo assim uma chapa puro-sangue. O Serra demonstrou toda sua incompetência de gerenciamento político, de agregar políticos para uma campanha eleitoral: como alguém tão incompetente poderia governar o país? Até FHC confidenciou, e a mídia publicou, que Serra não ganha a eleição.

Começou com a indecisão em sair candidato: segundo FHC, ele pensou em desistir mas já era tarde. Demorou seis meses para escolher um vice. Ele tinha como certo o Arruda, do DEM, depois continuou apostando no Aécio Neves, que já tinha informado há muito tempo que não seria vice do Serra. Outros nomes recusaram o convite.

O Tasso Jereissati chegou a dizer que não seria vice do Serra porque não confia nele. Agora o Serra deu uma rasteira feia no DEM, com direito a comentários do Álvaro Dias: segundo a jornalista Renata Lo Prete, na Folha de São Paulo , "Convencido de que seria escolhido, Álvaro circulava pelo Senado, na semana passada, dizendo a quem quisesse ouvir que o vice não seria do DEM, porque este é um "partido de mensaleiros". Que agora ameaça deixar a aliança." Para piorar a situação do PSDB do Serra, Aécio Neves declarou que o PSDB e o DEM são irmãos siameses. Talvez o Aécio tenha se lembrado do Eduardo Azeredo, do PSDB, pai do mensalão.

O DEM ficou sabendo que não indicaria o vice do Serra pelo Twitter do Roberto Jefferson, que chegou a escrever que "o DEM é uma merda". Como se ele fosse grande coisa. Ou seja, o DEM sequer foi comunicado da decisão pelo Serra ou pelo presidente do PSDB, o Sergio Guerra. Até o Datafolha já sabia, tanto que registrou pesquisa no TSE, no dia 25/06, com a pergunta sobre vice já citando Álvaro Dias como vice do Serra.

O Serra e o PSDB trataram o seu aliado DEM como um cachorro sarnento, mostrando querer distância após a queda nas pesquisas, sem nenhum respeito pelo aliado que tanto se empenhou para voltar ao poder junto com o PSDB. O DEM foi humilhado, pisoteado, pelo Serra e PSDB. Não que não merecesse, mas demonstrando, como diz o Tasso Jereissati, não dá para confiar no Serra. Triste fim do DEM, para o bem do Brasil!

Jussara Seixas (co-editora do Terra Brasilis)

"Prefiro um não verdadeiro do que um sim mentiroso", diz Ricardo Coutinho


Os partidos PPS, PV, PRP e PTN homologaram na tarde de ontem o apoio à candidatura de Ricardo Coutinho (PSB) ao Governo do Estado, durante a Convenção Estadual conjunta realizada no município de Campina Grande.

Ricardo Coutinho esteve presente ao evento e defendeu a união dos partidos que querem um novo modelo político-administrativo para a Paraíba. O socialista agradeceu o apoio e afirmou que as legendas podem contar com sua lealdade e honestidade não apenas durante a campanha eleitoral que se aproxima, mas principalmente, caso seja eleito governador do Estado.

“Contem com a minha honestidade e com a minha lealdade. Saibam que estão tratando com um companheiro. Vocês, certamente, já ouviram os adversários me acusarem de muita coisa: de antipático, de frio, de chato, mas nunca os ouviram me acusar de desonesto e de desleal. Eu sou do tipo de pessoa que prefiro um não verdadeiro do que um sim mentiroso”, afirmou.

Ricardo agradeceu ainda a contribuição que cada legenda tem dado para a construção de um projeto administrativo diferente de tudo que já foi feito na Paraíba. “Cada um tem uma contribuição importantíssima para nossa candidatura. São projetos, ideias, militância, coisas que juntas farão a grande diferença para nosso Estado”, frisou.
.
Fonte: ParlamentoPB

“Já cumpri meu dever. Fiz o melhor que podia fazer”, desabafou o ex-prefeito de Belém, Edmilson Rocha

Por Júnior Miranda

O ex-prefeito de Belém, no Estado da Paraíba, o médico Edmilson Rocha de Lima, foi o entrevistado neste sábado (26) no Programa 87 Notícias da Rádio Comunitária Rua Nova FM. Edmilson Rocha, natural do município de Bananeiras, em especial do sítio Lagoa do Matias onde passou maior parte de sua infância, administrou o município de Belém entre os anos de 1993 e 1996 pelo PMDB. Ele falou de seus 33 anos de atuação profissional como médico, dos motivos do fechamento da antiga Casa de Saúde e Maternidade Santa Lúcia, e de sua passagem pela prefeitura de Belém, na qual considera que “foi o destino” que lhe reservou tal posto político.

Médico há 33 anos, Edmilson Rocha de Lima começou sua atuação profissional na região do Alto Oeste do Estado do Rio Grande do Norte, especificamente na cidade de Marcelino Vieira. Desde essa época começou a investir na construção da memorável Casa de Saúde e Maternidade Santa Lúcia, o primeiro estabelecimento de saúde privado de grande porte da cidade de Belém, que atendeu por mais de duas décadas o município e região principalmente com verbas do SUS, já que entre as décadas de 1970 a 1980 era precária a rede pública de saúde na Paraíba. Atualmente desempenha sua função de médico em várias cidades da Região do Brejo Paraibano, como Bananeiras, Guarabira, e no Hospital Distrital Luiz Alexandrino da Silva em Belém.

Sobre o fechamento da Casa de Saúde e Maternidade Santa Lúcia no final da década de 1990, Edmilson Rocha explicou que o principal motivo do fechamento foi a política adotada pelo Governo Federal em priorizar, para os hospitais públicos, as verbas do SUS, diminuindo consideravelmente o valor dos repasses para os atendimentos na rede privada, tendo, consequetemente, dificuldades para pagar impostos, encargos trabalhistas e fornecedores. Edmilson Rocha lembrou ainda que na época, além da Maternidade Santa Lúcia, outros 43 hospitais particulares foram fechados na Paraíba pelo mesmo motivo.

Durante a entrevista o ex-prefeito também revelou que o prédio do antigo hospital será alugado a prefeitura de Belém, local onde poderá funcionar, após uma reformada já programada, a Secretaria de Saúde ou outros departamentos burocráticos da atuação administração municipal. Edmilson Rocha foi perguntado ainda sobre a sua grande residência inconclusa na entrada da cidade. Ele disse que abandonou o empreendimento quando foi eleito prefeito de Belém para que o “povão” não dissesse que estaria sendo construído com dinheiro público. Porém, no contexto de vida atual não teria iniciado a construção.

Com relação ao período de sua administração no município de Belém, após ser eleito com uma votação expressiva em 1992, numa vitória histórica, derrotando o patriarca da família Gomes de Lima, o ex-prefeito de Belém João Gomes de Lima, pai do atual presidente da Assembleia Legislativa da Paraíba, Ricardo Marcelo, e do ex-deputado estadual Tarcísio Marcelo, que na época exercia o mandato, Edmilson Rocha fez questão de destacar suas ações na área do saneamento básico e da educação no município de Belém.

Edmilson Rocha lembrou que no Distrito de Rua Nova, por exemplo, foram canalizados cerca de 3.400 metros de esgotos, além de outras ruas na cidade de Belém, nas quais os dejetos corriam a céu aberto, a exemplo da Rua Cícero Moura e imediações. Já na área da educação destacou os vários cursos de capacitação para os professores da rede municipal de ensino e as reformas e construções em escolas da zona rural, como as dos sítios Gameleira, Forquilha, Jenipapo, Lagoa de Serra, dentre outras.

O ex-prefeito também rebateu as críticas sobre a falta de pavimentação de ruas, em especial a rua onde ele mesmo mora desde quando exerceu o cargo de prefeito de Belém, numa área nobre da cidade. Edmilson afirmou que preferiu priorizar ações de saneamento básico em regiões mais periféricas da cidade ao invés de pavimentação de ruas, e disse que faria tudo de novo se estivesse no contexto social da época, pois com essas ações de saneamento básico pôde evitar mortes de crianças devido às doenças causadas pelo contato com o esgoto.

Por fim, Edmilson Rocha afirmou que desistiu da candidatura a vereador em 2008 quando se deu conta que as questões profissionais lhe impediriam de continuar a campanha e, posteriormente, o mandato de vereador. Contudo, Edmilson foi enfático ao dizer que cumpriu seu papel como político, e que não pretende retornar a vida política partidária. “Já cumpri meu dever. Fiz o melhor que podia fazer”, concluiu o ex-prefeito de Belém.

sábado, 26 de junho de 2010

Enquanto os demos-tucanos brigam... Dilma se encontra com mulheres de empresários na residência de Abílio Diniz, dono do grupo Pão de Açúcar

Candidata do PT à Presidência, Dilma Rousseff esteve nesta sexta-feira, 25, em São Paulo para um chá da tarde com cerca de 50 mulheres de empresários. O encontro aconteceu na residência do casal Abilio e Geyze Diniz, proprietários do Grupo Pão do Açúcar, nos Jardins. Segundo uma das socialites que participou da reunião, a petista “estava tão descontraída que parecia que estava na sala da casa dela”.

Por cerca de 3 horas, Dilma falou sobre sua trajetória de vida, incluindo casamentos, filhos e a prisão durante o regime militar. A presidenciável ainda respondeu perguntas sobre sua plataforma de governo.

Uma das participantes do evento, a empresária Ana Maria Moraes, afirmou que muitos assuntos foram tratados na conversa. “Ela foi muito simpática, até mais do que a gente imaginava. Foi muito bom conhecer suas propostas.” Outras convidadas que participaram do chá foram Ana Feffer, Mariangela Bordon, Rosangela Lira, Maria Alice Klein, mulher de Michel Klein – que recentemente vendeu parte da Casas Bahia para o Grupo Pão de Açúcar -, e Maria Antonia Civita, mulher de Roberto Civita, da editora Abril.
.
Fonte: Blog Os Amigos da Presidente Dilma

Baixaria na campanha de Serra: DEM não aceita Álvaro Dias como vice. Ex-dep. Roberto Jefferson chama o DEM de “merda”. E DEM já admite apoio a Marina


A briga foi explicitada no Twitter: "O DEM é uma merda!!!", atacou o presidente do PTB, o deputado cassado Roberto Jefferson. No microblog, o deputado Ronaldo Caiado (GO) pregou a ruptura e acusou os tucanos de tentar ocultar a decisão.

Segundo relato de Caiado, Maia telefonou para o presidente nacional do PSDB, Sérgio Guerra (PE), para confirmar a escolha. Em resposta, Guerra teria dito que nada fora decidido. "Eles não tiveram coragem de nos informar a decisão", protestou. Sob pressão, Guerra afirmou, em nota, que o nome de Dias ainda depende de aprovação dos aliados. Mas, numa tentativa de isolar o DEM, os tucanos buscaram apoio prévio do PPS e do PTB. Em defesa do nome tucano, Jefferson chegou a dizer que não seria oportuna a escolha de um democrata.

"Com a crise no DF, seria o momento de o DEM dar uma recuada. É natural", afirmou Jefferson, que fez duros ataques ao DEM no Twitter.

O naufrágio da candidatura Serra, está levando os partidos de oposição a abandonarem a campanha presidencial de Serra e se concentrarem nos estados.

Essa ruptura do PSDB com o DEMos está levando a movimentos de bastidores nos estados. No Rio de Janeiro, Cesar Maia (DEMos-RJ) está "costeando o alambrado" para desembarcar da candidatura de Serra e embarcar na candidatura de Marina Silva. Ele já está coligado com o PV e PSDB regionalmente. No cálculo político, Serra é um fardo pesado demais para carregar no Rio, enquanto Marina é mais "light". São grandes as chances do mesmo ocorrer no Rio Grande do Norte, se a ruptura se consumar. Nas eleições de 2008 para a prefeitura de Natal, o DEMos já apoiou a candidatura do PV.

Isso explica a reclusão de 3 dias de Marina Silva, para dedicar-se a "assuntos internos".

Fontes: Blog do Saraiva e Blog Os Amigos do Presidente Lula

Torpedão 149: Cai antena da Guaranet em Belém. Acidente, vandalismo ou sabotagem?

Nosso blog recebeu a informação de um internauta belenense aperreado por causa da falta do sinal de internet. Ele me relatou que o motivo da falta de sinal de internet é que a antena do provedor via rádio que ele utiliza, a Guaranet, caiu esta semana na região conhecida como Moura, próxima de Belém, e dezenas de usuários estão sem internet. Além da queda da antena instalada poucas semanas atrás, alguns equipamentos foram roubados, segundo o amigo me informou. Em Belém, no interior da Paraíba, apenas dois provedores disputam o mercado crescente de acesso a internet. Porém, sem a qualidade desejada pelos usuários. Nem mesmo as operadoras de telefonia celular como a Claro ou a Tim, prestam um serviço de qualidade. Espero Dilma ganhar logo essa eleição pra dar continuidade ao programa de expansão da Banda Larga que o presidente Lula anunciou, porque cidade do interior sofre com internet lenta!

Revista Época: Senador Álvaro Dias mentiu e não declarou 6 milhões de reais à Justiça

Foto divulgada pela Revista Época
.
Confira a seguir trechos da reportagem da Revista Época do ano passado sobre os 6 milhões de reais que o tucano e indicado vice de José Serra, o senador Álvaro Dias (PSDB-PR), não declarou a justiça. O título da matéria da reportagem da Revista Época é: “Omissão Milionária: O senador Álvaro Dias, um dos que mais cobram transparência, não declarou R$ 6 milhões à Justiça”

"O senador Álvaro Dias (PSDB-PR) é um dos que mais usam o palanque para exigir transparência do governo e de seus adversários. Mas, quando o assunto são suas próprias contas, ele não demonstra ter os cuidados que tanto cobra. Em 2006, Dias informou à Justiça Eleitoral que tinha um patrimônio de R$ 1,9 milhão dividido em 15 imóveis: apartamentos, fazendas e lotes em Brasília e no Paraná. O patrimônio de Dias, no entanto, era pelo menos quatro vezes maior. Ele tinha outros R$ 6 milhões em aplicações financeiras.

O saldo das contas não declaradas de Álvaro Dias foi mostrado a ÉPOCA pelo próprio senador, inadvertidamente, quando a revista perguntou sobre quatro bens em nome da empresa ADTrade, de sua propriedade, que não apareciam em sua declaração à Justiça Eleitoral. Para explicar, ele abriu seu sigilo fiscal. Ali, constavam os valores das aplicações.

Na interpretação de dois dos maiores especialistas de Direito eleitoral, Fernando Neves e Eduardo Alckmin, o espírito da lei é de transparência: “É conveniente que o político declare contas bancárias e aplicações financeiras para que o eleitor possa comparar o patrimônio no início e no fim do mandato”, diz Neves. “Não há irregularidade, mas é importante para evitar confusões no caso de um acréscimo patrimonial durante o mandato”, afirma Alckmin.

O dinheiro não declarado de Álvaro Dias, segundo ele, é fruto da venda de uma fazenda de 36 hectares em Maringá, Paraná, por R$ 5,3 milhões. As terras, presente de seu pai, foram vendidas em 2002. O dinheiro rendeu em aplicações, até que, em 2007, Álvaro Dias comprou um terreno no Setor de Mansões Dom Bosco, em Brasília, uma das áreas mais valorizadas da capital. No local, estão sendo construídas cinco casas, cada uma avaliada em cerca de R$ 3 milhões.

Quando as casas forem vendidas, o patrimônio de Álvaro Dias crescerá ainda mais. Nada ilegal. Mas, a bem da transparência, não custa declarar."
.
Leia a matéria completa sobre a omissão milionária de Álvaro Dias clicando AQUI no link da Revista Época.

Mexeu em vespeiro: Governador da Paraíba, Zé Maranhão, chama tuiteiros de vagabundos, e apresentador do CQC divulga vídeo ridicularizando o governador

Imagem do vídeo no YouTube
.
Por Júnior Miranda

Recentemente o Governador da Paraíba, José Maranhão, chamou os twitteiros de vagabundos após ser questionado sobre o seu adversário Cássio Cunha Lima que utiliza o microblog para se comunicar com eleitores e simpatizantes. O problema é que a forma como o peemedebista tratou os twitteiros, como são chamados os usuários do Twitter, causou revolta, principalmente entre os jovens, já que são os que mais utilizam essa ferramenta na internet.

Após a fala do governador paraibano, internautas produziram um vídeo e colocaram no YouTube. O vídeo ridiculariza Zé Maranhão, que já cometeu outra gafe no ano passado quando desrespeitou de forma grosseira o prefeito de João Pessoa Ricardo Coutinho (PSB), seu principal concorrente ao Governo da Paraíba, durante entrevista no conhecido Sistema Correio de Comunicação.

Porém, dessa vez, a declaração do Zé Maranhão contra os internautas que utilizam o Twitter repercutiu no blog do apresentador do CQC da Band, Marcelo Tas, que divulgou o vídeo postado no YouTube.

Se o governador da Paraíba desconsidera ou não utiliza os novos meios de comunicação como a internet, pelo menos não deveria afrontar os milhares de internautas - em sua maioria de jovens - por utilizarem o Twitter. Com isso, demonstra falta de sintonia com as novas gerações e perde uma boa oportunidade de comunicar-se diretamente com os cidadãos paraibanos, além de tirar parcialmente de si a imagem de político atrasado, em especial para a juventude paraibana.

Vale lembrar que políticos como Dilma Rousseff, Marina Silva, José Serra, o Presidente dos Estados Unidos Barack Obama, o escritor Paulo Coelho, o líder ativista e religioso Dalai Lama, e até mesmo o presidente da Venezuela Hugo Chávez, mantêm uma página no microblog Twitter.

Já na Paraíba, políticos como Ricardo Coutinho, Veneziano Vital do Rego, Luiz Couto, Cássio Cunha Lima e Benjamin Maranhão, sobrinho do governador, dentre outros, utilizam o Twitter para se comunicar. Então, quer dizer que Benjamin Maranhão é também um vagabundo?

Ninguém é forçado a ter uma página no microblog Twitter, porém ninguém merece ser chamado de vagabundo por utilizá-lo. Eita Paraíba velha! Até quando?!

Clique AQUI e assista o vídeo publicado no YouTube

Ex-deputado da Paraíba, Pastor Fausto Oliveira, é preso por dirigir embriagado

Por Cardoso Filho
Do WSCOM Online

Embriagues ao volante. Este foi o motivo da prisão em flagrante do ex-deputado estadual Fausto Oliveira (pastor Fausto) ocorrida na noite de sexta-feira, 25, em João Pessoa. Ele foi autuado em flagrante pela delegada Ranielle Vasconcelos na 1ª Delegacia Distrital, em Cruz das Armas e posto em liberdade após pagar fiança de R$ 600.

Segundo informações da 1ª DD, por volta das 22h o Centro Integrado de Operações Policiais – CIOP recebeu uma ligação anônima sobre a existência de um veículo Polo Sedan com os vidros quebrados e o capô amassado naquela rua do centro da Capital onde funcionam alguns prostíbulos.

No local policiais de uma guarnição da PM identificaram o proprietário do veículo em uma das casas e ao perceberem que o ex-deputado estava com sintomas de embriagues pediram para que ele se submetesse ao teste do bafômetro, no que não foram atendidos.

Devido ao estado de embriagues do ex-parlamentar os policiais pediram para que ele não saísse no carro, no que também não foram atendidos e Fausto Oliveira saiu no veículo, sendo perseguido, abordado pelos policiais e levado para a 1ª Delegacia.

Imediatamente a delegada Ranielle Vasconcelos determinou a condução dele até o Instituto de Polícia Científica (IPC) e, após ser submetido ao teste de alcoolimetria ficou comprovada a embriagues. Após a fiança foi liberado.

Álvaro Dias (PSDB), senador ficha suja, é escolhido por José Serra (PSDB) para ser vice em sua chapa

Conhecido como o senador rei do “botox”, o tucano Álvaro Dias do Paraná foi escolhido por José Serra (PSDB) para ser o vice na chapa para presidência. Detalhe: Álvaro Dias está sendo processado por usar cavalaria da PM contra professores e ainda é acusado de crime contra a administração pública. Conheça um pouco a ficha do senador “botox”:

O senador Álvaro Dias está sendo processado por uso da cavalaria da PM contra professores. Também é acusado de crime contra a administração pública, movidas pelo Supremo Tribunal Federal. (Veja a petição: Pet/4316 - (Veja no STF). Situação atual: 09/02/2009 - Baixa dos autos em diligência, Guia nº 276/2009, Ofício nº 215/SEJ, à Superintendência Regional do Departamento de Policia Federal no Distrito Federal.

A operação Castelo de Areia tem documento em que mostra que, as construtoras Camargo Corrêa e a Norberto Odebrecht doou R$50 mil para o tucano Álvaro Dias (PSDB-PR).

Álvaro Dias (PSDB-PR) não declarou R$ 6 milhões à Justiça Eleitoral... Já prestou contas?

A revista Época (aqui) mostrou que o senador Álvaro Dias (PSDB-PR) omitiu de sua declaração de bens à Justiça Eleitoral R$ 6 milhões em aplicações financeiras.

Em 2006, Dias informou que tinha um patrimônio de R$ 1,9 milhão dividido em 15 imóveis: apartamentos, fazendas e lotes em Brasília e no Paraná. O patrimônio dele, porém, era pelo menos quatro vezes maior.

A omissão desses dados à Justiça Eleitoral é questionável, mas não é ilegal. A lei determina apenas que o candidato declare "bens". Na interpretação conveniente, a lei não exige que o candidato declare "direitos", como contas bancárias e aplicações em fundos de investimento.

Álvaro Dias diz que o dinheiro não consta em sua declaração porque queria se preservar. "Não houve má intenção", afirma.

O dinheiro não declarado seria fruto da venda de uma fazenda de 36 hectares em Maringá (PR) por R$ 5,3 milhões. As terras, presente de seu pai, foram vendidas em 2002. O dinheiro rendeu em aplicações, até que, em 2007, Álvaro Dias comprou um terreno no Setor de Mansões Dom Bosco, em Brasília, uma das áreas mais valorizadas da capital. No local, estão sendo construídas cinco casas, cada uma avaliada em cerca de R$ 3 milhões.

Quem se lembra do assessor de Álvaro Dias, André Eduardo da Silva Fernandes?

Foi o receptador de informações furtadas da Casa Civil da Presidência da República, entregue à revista Veja, para forjar um falso dossiê de despesas de FHC, com o objetivo de derrubar a ministra Dilma Rousseff.

Pois André Fernandes, além de assessorar Álvaro Dias, também servia ao Governo de José Roberto Arruda (ex-DEMos/DF). Em 2007, foi nomeado pelo Governo do Distrito Federal, membro do conselho fiscal da CEB (Companhia Energética de Brasília), estatal do Governo do Distrito Federal.

Álvaro Dias, igual a José Serra: Mandam bater em professores. Veja os vídeos em que o governo de Álvaro Dias manda a cavalaria da PM agredir os professores em greve, clicando AQUI

É o começo? Globo perde audiência durante 3º jogo da Seleção Brasileira. Já a Band obteve a sua melhor audiência da Copa


Com Júnior Miranda

O jogo entre Brasil e Portugal não teve muitos atrativos dentro de campo. Mas milhares de internautas estavam ligados no "placar" da audiência das emissoras. Uma corrente por e-mail promovia um boicote à rede Globo para o jogo de hoje. E o resultado apareceu nas medições. Veja a proporção de pessoas que assistiram o jogo em cada emissora:

Brasil X Costa do Marfim

Globo: 80,4% (41 ptos)
Band: 19,6% (10 ptos)

Brasil X Portugal (após o "boicote")

Globo: 77,4% (43,6 ptos)
Band: 22,6% (12,7 ptos)

O argumento para o boicote foi a defesa do técnico da seleção brasileira (Dunga), já que ele vetou entrevistas da emissora e teria sofrido retaliações.

A audiência do jogo de hoje (25) aumentou em números absolutos, já que era decisivo nas classificações do Grupo G, mas a audiência relativa da Globo caiu em comparação ao segundo jogo da Seleção Brasileira, diferentemente da Band que aumentou sua audiência, conseguindo o melhor resultado desde o início da Copa na África do Sul.

sexta-feira, 25 de junho de 2010

Lula visita cidades atingidas pelas enchentes nos estados de Alagoas e Pernambuco, e libera ajuda inicial de mais de meio bilhão de reais


O presidente Lula visivelmente emocionado percorreu ruas da cidade de Palmares, (PE), e também de trechos afetados em cidades de Alagoas das áreas atingidas pelas enchentes na região nordeste do país, e concedeu entrevista coletiva na manhã desta quinta-feira.

O governo federal liberou de imediato R$ 500 milhões para fazer frente as demandas dos estados de Alagoas e Pernambuco que passam por dificuldades em função da tragédia provocada pelas chuvas que atingiram cerca de 80 municípios naquela região.

O anúncio do repasse do dinheiro foi feito pela ministra-chefe da Casa Civil, Erenice Guerra, que acompanha o presidente Lula em visita aos dois estados. A ministra explicou que o volume total de dinheiro chega a R$ 550 milhões, já que o governo colocou à disposição, num primeiro momento, R$ 50 milhões.

Na mesma linha de atuação, o governo informou que os cidadãos que possuem FGTS poderão sacar até o valor total em conta na Caixa Econômica Federal (CEF). O Ministério da Saúde irá transferir R$ 21 milhões para Pernambuco e R$ 26 milhões para Alagoas no sentido de recuperar os hospitais e postos de saúde.

O Ministério da Educação liberou R$ 51 milhões para obras nas escolas estaduais e deve decidir na próxima semana os recursos a serem repassados para colégios municipais.

Foto: Ricardo Stuckert/Presidência

Foto: Thiago Sampaio/Agência Estado

Foto: Ricardo Stuckert/Presidência

Foto: Thiago Sampaio/Agência Estado


Foto: Edmar Melo/Agência Estado


Foto: Edmar Melo/Agência Estado

Foto: Bobby Fabisak/JC Online

Fonte: Blog do Planalto
Com Blog de Celso Jardim

quinta-feira, 24 de junho de 2010

Quadro indefinido na Paraíba: Zé Maranhão ainda lidera. Ricardo Coutinho continua forte após adesões ao governador. E 15% não decidiram em quem votar


Por Júnior Miranda

Continua toda embaralhada a disputa para o Governo da Paraíba. De acordo com a pesquisa encomendada pelo Sistema Correio da Paraíba ao Instituto Consult, o atual governador e candidato para o 4º mandato, José Maranhão (PMDB), ainda continua liderando nas intenções de voto para o governo do estado, mas, Ricardo Coutinho permanece com força na disputa.

Na pesquisa da Consult/Correio, Zé Maranhão estaria com 43,75%, enquanto o socialista Ricardo Coutinho (PSB) com 32,70%. Já no Ibope, semanas atrás, o peemedebista José Maranhão estaria com 48%, resultado totalmente diferente da Consult.

Outro dado da Consult que contradiz a pesquisa Ibope do mês de maio é que, nessa nova pesquisa, Ricardo Coutinho e José Maranhão estariam tecnicamente empatados em João Pessoa. Já na pesquisa do Ibope do mês passado, Maranhão aparecia 9% na frente de Ricardo na capital paraibana.

O detalhe importante é que a pesquisa da Consult vem logo após o governador anunciar várias adesões para a sua campanha, demonstrando que essa investida não está surtindo efeito. Outro ponto a ser destacado é que 15% dos entrevistados disseram não saber em quem votar.

A pesquisa Consult foi realizada entre os dias 13 e 17 deste mês em 69 municípios paraibanos. Foram entrevistados 2 mil eleitores. A margem de erro é de 2,1 pontos para mais ou para menos. A pesquisa foi registrada no TSE sob o número 15990/2010 e no TRE com o número 17353/2010.

quarta-feira, 23 de junho de 2010

DILMA aumenta vantagem sobre Serra e está em 1º lugar com 40%, diz Ibope


O Ibope se rende ao povo brasileiro e confirma: Dilma ultrapassa Serra e está em 1º lugar com 40%. Já o tucano caiu para 35%.

Num eventual 2º turno Dilma também vence Serra e abre uma vantagem de 7% na frente do tucano.

Dilma ainda lidera na pesquisa espontânea com 22%. Mesmo não sendo candidato, Lula ainda aparece com 20%.

Serra é o candidato com maior rejeição, atingindo 30%. Dilma tem a menor rejeição com 23%

Confira os dados da pesquisa CNI/Ibope realizada entre os dias 19 e 21 deste mês em 140 municípios brasileiros. Foram entrevistados 2.200 eleitores. A margem de erro é de 2 pontos percentuais:

Na pesquisa estimulada (quando se apresenta os nomes dos candidatos)
.
DILMA 40%
Serra 35%
Marina 9%

Na pesquisa espontânea (quando não se apresenta os nomes dos candidatos)
.
DILMA 22%
Serra 16%
Marina 3%

Num eventual 2º turno
.
DILMA 45%
Serra 38%

Rejeição

Serra 30%
Marina 29%
DILMA 23%

Avaliação do Governo Lula

75% consideram bom ou ótimo
20% regular
3% ruim ou péssimo

Presidente Lula atinge novo recorde de aprovação com 85%

Brasil é a próxima potência mundial, afirma bilionário americano


O bilionário americano Sam Zell, 68, está no Brasil, hoje e amanhã, para expandir os investimentos do grupo Equity International no país que considera a próxima “potência mundial”.

“O quanto vamos investir depende das oportunidades. Até hoje, nenhuma foi maior do que o nosso apetite por capital”, afirmou Zell à Folha, por telefone, de Chicago.

O grupo de private equity já tem participações em cinco empresas brasileiras, entre elas a Gafisa e a BR Malls, que tem atualmente 35 shoppings em seu portfólio.

Entusiasta do Brasil, Zell atribui ao presidente Luiz Inácio Lula da Silva o reconhecimento do país como “uma das oportunidades mais atraentes do mundo”.

O empresário americano minimiza o risco de superaquecimento da economia brasileira. “O país vai muito bem. Prefiro investir em um país quente demais a investir em um país frio”, diz.

“Começamos a estudar o Brasil há quase 12 anos. Desde então, houve o reconhecimento [no exterior] da estabilidade fiscal do país”, elogia.

“O Brasil elevou as taxas de juros antes de outros países, evitando a hiperinflação que o infestou no passado.”

Para o americano, “o Brasil sempre foi reconhecido como tendo enormes recursos e oportunidades, mas, no passado, não soube tirar vantagem disso”.

“Nos últimos oito, nove anos, tem havido um novo nível de disciplina, fazendo dele uma das oportunidades mais atraentes no mundo. O presidente Lula focou no crescimento enquanto manteve a disciplina fiscal, para evitar a hiperinflação.”

Zell diz achar que, hoje, “”há menos obstáculos para investir no país”. “O Brasil está se transformando de um país em desenvolvimento em um país desenvolvido.”

A eleição tampouco o preocupa -os dois principais candidatos à Presidência, diz, manterão a política econômica atual.

Ele dá dois conselhos para que o país continue no caminho para se tornar uma potência com liderança mundial: “Manter a disciplina fiscal e continuar a desenvolver os seus recursos e a construir infraestrutura, facilitando os investimentos”.

Apesar de o principal foco da sua empresa ser no setor imobiliário, Zell afirma não descartar nenhuma área. Mas, ao final da entrevista, o empresário responde com um rápido “”não” quando questionado se investiria na mídia brasileira.

Uma das grandes polêmicas que assombram sua carreira é a aquisição da Tribune Company, em 2007. No ano seguinte, o grupo, que publica o ”Los Angeles Times” e o ”Chicago Tribune”, entre outros veículos, pediu falência.

Com o processo ainda em andamento, Zell recusa-se a comentar o assunto. Questionado se se arrepende de ter investido em mídia nos EUA, diz apenas: ”Não tenho arrependimento nenhum”.
Fonte: Blog do Favre

Assédio da Globo contribuiu na derrota da seleção de 2006


Na copa de 2006, quando um amigo assstiu os treinos da seleção sendo transmitidos ao vivo, pelo SporTV, canal das Organizações Globo, disse que aquilo não ia dar certo.

As Organizações Globo, em 2006, transformaram a seleção num BBB (Big Brother Brasil). Notava-se o desconforto do técnico Parreira, provavelmente fazendo concessões aos patrocinadores, sob orientação da diretoria da CBF. Os jogadores nem tinham privacidade para alguma reclamação ou discussão nos treinos, típica até entre peladeiros, porque senão virava "crise" no Jornal Nacional. O técnico reduzia os treinos ao mínimo, e sequer podia contar com o elemento surpresa contra os adversários.

Tudo bem que quem ganha jogo não é a TV, são os jogadores, e o técnico orienta. Mas aquelas más condições para treinar à vontade, e o clima de "celebridades" de "reality -show" acaba prejudicando.

O que Globo quer é alavancar a audiência, com a Copa, nos demais programas, fora dos jogos. Quer coisas como entrevistas exclusivas para o Fantástico, furos exclusivos para o Jornal Nacional, jogadores mandando tchauzinho para a mamãe e beijinho para a namorada no Programa do Faustão, etc.

Dunga sabe, como ex-jogador do lado de dentro da concentração, o quanto o vedetismo na TV, focado em alguns jogadores, alavanca a imagem e vaidade de uns (tanto valorizando o passe, como para contratos publicitários), e desperta ciúmes em outros, desintegrando a harmonia do time. Isso gera a busca do espetáculo individual em campo para trazer a fama e despertar também o interesse da TV.

O resultado em campo aparece na forma de querer resolver sozinho, com dribles e chutes improdutivos, prendendo bolas sob forte marcação, em vez de passar para o companheiro desmarcado, e prejudicando a vitória do time.

Falou-se muito desse clima na copa de 1990 e na de 2006. Em ambas, o resultado foi a eliminação do Brasil antes de chegar à final.

Dunga está certo em proteger a delegação brasileira do assédio da Globo, que quer transformar a concentração em um BBB, em entretenimento de celebridades e fofocas. Precisa evitar o clima de bagunça de 2006.

Tem razão o jornalista Luiz Carlos Azenha, que conheceu a emissora por dentro, quando conclui:

"A diferença entre Dunga e a Globo encontra-se no calendário distinto pelo qual ambos se regem: a emissora precisa ganhar tudo agora, comercialmente tem pouco a faturar depois que o Brasil chegar à final; Dunga só irá ao banco descontar o cheque milionário se e quando garantir o título. A Globo precisa de um cast. Dunga precisa de um time."
.
Fonte: Blog Os Amigos do Presidente Lula

Durante o Governo Lula desnutrição infantil caiu 62%

Do Blog do Favre

A taxa de desnutrição (baixo peso) em crianças menores de cinco anos no Brasil caiu de 12,5%, em 2003, para 4,8%, em 2008 – uma queda de 62%. A diarreia aguda, uma das maiores causas de mortalidade infantil, que havia causado 2.913 óbitos em 2003, fechou o ano de 2008 com 1.410 mortes – registrando uma redução de 51,6%, segundo dados do Sistema de Vigilância Alimentar e Nutricional do Ministério da Saúde.

Atualmente, mais de 20 mil unidades básicas (específicas para família e postos de saúde) acompanham as condições alimentares dos brasileiros. São atendidas 6,7 milhões de famílias em situação de vulnerabilidade socioeconômica. O monitoramento nutricional e a redução da mortalidade infantil vai ao encontro dos Objetivos de Desenvolvimento do Milênio (ODM), estabelecidos pela Organização das Nações Unidas (ONU).

Programa Saúde da Família – Um dos principais motivos da diminuição da desnutrição infantil é a ampliação da cobertura do Programa Saúde da Família, responsável pela atenção básica da população.

O Programa Saúde da Família é uma importante ferramenta para o diagnostico nutricional da população, incluindo as crianças. São 30.782 equipes, agindo em 5.268 municípios, dando cobertura para 97,3 milhões de pessoas.

“O combate à desnutrição de crianças é imprescindível tanto para erradicar a fome quanto para diminuir a mortalidade infantil”, avalia Ana Beatriz Vasconcelos. Por isso, esses dois ODMs (Objetivos de Desenvolvimento do Milênio) devem ser alcançados antes do prazo estipulado pela ONU.

Objetivos de Desenvolvimento do Milênio

Há 10 anos, os 191 países da Organização das Nações Unidas (ONU), inclusive o Brasil, assinaram um compromisso de melhorar a qualidade de vida da população mundial. Para isso, estabeleceram oito objetivos a serem seguidos por todas as nações, os chamados Objetivos de Desenvolvimento do Milênio ou ODM. Acabar com a a miséria e a fome e Reduzir em 2/3 a mortalidade de crianças menores de 5 anos são dois deles.

Leia a matéria completa clicando AQUI

Ricardo Coutinho debate participação popular e qualificação do serviço público para o Estado da Paraíba

Palestra de Ricardo Coutinho no ginásio do Sindicato dos Bancários da Paraíba na semana passada


Duas plenárias populares foram realizadas ontem na cidade de João Pessoa. A primeira delas aconteceu no Clube Cabo Branco e tratou sobre qualificação do serviço público e a segunda, na sede da Federação dos Trabalhadores em Agricultura (Fetag), e teve a participação popular como tema.

Ricardo Coutinho falou sobre a força que as plenárias públicas têm tido na sua pré-campanha, já que através delas, a população está participando da elaboração do Plano de Governo da chapa que reúne as forças de oposição a atual administrção do Estado.

“Elas são instrumentos importantes, pois nestes espaços ouvimos as pessoas e dialogamos com elas as ideias capazes de transformar a Paraíba em um lugar mais democrático e que atenda às reais expectativas da população”, comentou.

A plenária do Clube Cabo Branco debateu a importância do investimento em qualificação profissional para melhorar a prestação de serviço ao público. Ricardo defendeu ainda o estabelecimento de metas como forma de estimular o desempenho dos servidores. “Em João Pessoa criamos o prêmio Escola Nota 10 para os funcionários da Educação. A meta era melhorar os índices educacionais, envolvendo todos os servidores. Como recompensa pelos números alcançados, os funcionários receberam o 14º salário no fim do ano”, explicou.

Já a plenária sobre participação popular teve o Orçamento Democrático como tema central. Ricardo Coutinho manifestou, mais uma vez, a necessidade do Estado implantar este instrumento. “Não podemos mais pensar em uma gestão sem a interlocução com a sociedade. É preciso que garantir mecanismos de participação efetiva da população nos espaços de decisão e o Orçamento Democrático é o início disto”, defendeu.

Fonte: ParlamentoPB

Rejeição: Família Vital do Rego desmente o Governador José Maranhão publicamente



Ficou feio. Ser desmentido em público não é bonito pra ninguém. Quanto mais para um governador. Pois foi exatamente ao que foi submetido José Maranhão nesta terça-feira (22), véspera de véspera de São João.

Embebido no desejo de ter Vitalzinho como vice, Maranhão foi à imprensa e confirmou algo que a família Vital ainda está digerindo.

Na cabeça do governador, deve passar um filme. É de terror. Ele já recebeu um “não” de Veneziano e agora, depois de ser desmentido publicamente, cruza os dedos para não receber o segundo não.

Para família Vital, o filme que se passa também não é nenhuma comédia romântica. Ser pressionado pelo governador do Estado a largar um projeto possível de eleger Vitalzinho ao Senado não deve ser agradável.

Além de polarizar em Campina Grande, Vitalzinho tem pesquisas apontando-o como segundo colocado. É duro abrir mão disso.

Apenas uma das partes, portanto, sairá totalmente satisfeita desse processo. Alguém tem que ceder seria o filme mais indicado.

terça-feira, 22 de junho de 2010

O muído continua: Usuários do Twitter organizam boicote a TV Globo durante o jogo do Brasil e mostram força da internet


O técnico da seleção brasileira abriu fogo contra a Rede Globo. Dunga deu na canela do comentarista Alex Escobar, da Globo. Poucas horas depois, um dos apresentadores do programa Fantástico, Tadeu Schmidt, da África leu um editorial da emissora detonando Dunga.

O motivo da briga foi por que a Globo negociou diretamente com Ricardo Teixeira, presidente da CBF (Confederação Brasileira de Futebol), entrevistas exclusivas com três jogadores da seleção, entre os quais Luis Fabiano. As entrevistas iriam ser exibidas durante o programa “Fantástico”, no domingo, horas depois da partida contra Costa do Marfim, vencida pelo Brasil por 3 a 1. Dunga vetou o acerto.

O incidente entre Dunga e Alex Escobar ocorreu quando o jornalista conversava ao telefone com o apresentador Tadeu Schmidt exatamente sobre este assunto. O técnico percebeu o que ocorria e perguntou: “Algum problema?” Escobar respondeu: “Nem estou olhando para você, Dunga”. O técnico replicou em voz baixa, o suficiente para ser captado pelo microfone à sua frente: “Besta, burro, cagão.”

Horas depois do incidente, durante o “Fantástico”, Schmidt falou: “O técnico Dunga não apresenta nas entrevistas comportamento compatível de alguém tão vitorioso no esporte. Com frequência, usa frases grosseiras e irônicas”. O jornalista da Globo não mencionou, no entanto, o motivo do atrito, ou seja, a recusa do técnico em aceitar um acordo feito entre o presidente da CBF e a emissora.

A reação do povo foi imediata. O editorial lido no programa "Fantástico", da Rede Globo, deu repercussão no mundo virtual. E pela primeira vez na história o Brasil inteiro apóia o técnico da Seleção. Só a Globo para conseguir isso...

Nas últimas 48 horas a Globo tem sentido na pele de que lado está o torcedor. A emissora está recebendo milhares de emails e sendo achincalhada em redes sociais por conta da briga que iniciou com o técnico Dunga.

A briga da Globo com Dunga repercute na Internet, com internautas à favor do técnico da seleção brasileira. Depois do termo 'Cala Boca Tadeu Schmidt' ter alcançado o topo entre as palavras mais mencionadas do mundo dentro do serviço, os usuários se mobilizaram para boicotar a transmissão do jogo Portugal e Brasil na sexta-feira na TV Globo. A emissora queria uma entrevista exclusiva, e ganhou uma exclusiva campanha #diasemglobo.

Segundo os idealizadores do boicote, a iniciativa quer promover uma baixa na audiência da emissora durante a partida do Brasil como uma forma de protestar contra a 'manipulação' da emissora.

Do Blog Os Amigos do Presidente Lula

“Cagão” foi o que disse Dunga ao repórter da Globo, Alex Escobar, que sorria debochadamente para o técnico da seleção durante entrevista

Por Júnior Miranda

Quem assistiu o Fantástico no último domingo deve ter ficado “espantado” com a participação do repórter Tadeu Schmidt quando descarregava o ódio global contra o técnico Dunga. Tadeu dizia: “Dunga pronunciou palavras ‘impublicáveis’ contra o repórter da TV Globo, Alex Escobar”.

O “palavrão silencioso” de Dunga que a Globo captou e transformou num “palavrão ensurdecedoramente impublicável” contra o repórter global foi esse: cagão de merda! Se as palavras “impublicáveis” foram estas a Rede Globo virou santa.

A emissora dos Marinhos precisa inventar outra coisa para atacar o Dunga porque o “cagão” balbuciado pelo técnico da seleção não colou. Até mesmo a Fifa já disse que não encontrou motivos para punir Dunga. Realmente a Globo pisou em merda. Que cagada!

Como a grande maioria dos brasileiros não assistiu o Fantástico no último domingo, algo que está virando rotina, clique AQUI e assista um dos vídeos postados no YouTube sobre o caso, e veja a reação dos internautas.

1º ROUND: Ricardo Marcelo X Luza Macedo


Por Júnior Miranda

Informações que chegaram ao nosso blog dão conta que ontem, segunda-feira (21), vários funcionários demitidos do Hospital Distrital de Belém se dirigiram até o referido estabelecimento de saúde do governo estadual com ordens expressas do deputado estadual e Presidente da Assembleia Legislativa da Paraíba, Ricardo Marcelo (PSDB), para retornarem ao trabalho.

Porém, chegando ao hospital, a diretora Luza Macedo teria dito aos funcionários demitidos que ela ainda não tinha sido comunicada oficialmente pela 2ª Região de Saúde com sede em Guarabira. Com isso, os funcionários que estão prestes a serem readmitidos no Hospital Distrital Luiz Alexandrino da Silva, voltaram desgostosos para casa por terem pagado esse “mico”.

Luiz Couto: um deputado destemido e coerente


Reproduzo no blog o excelente artigo da colunista do Portal PolíticaPB, a jornalista Beth Torres, sobre o Deputado Federal Luiz Couto (PT-PB). Vale apena conferir:

Deixem Couto ser coerente

Nos últimos dias o deputado federal, Luiz Couto (PT), vem sendo “massacrado” por alguns veículos de comunicação. O petista é apontado como desagregador e individualista por não aceitar compor chapa com o governador, José Maranhão (PMDB). Na verdade, digo que Couto vem sendo tão criticado apenas por ser coerente, por não ter medo de abrir mão do seu projeto político em nome daquilo que acredita.

Luiz Couto, desde o início, vem defendendo uma composição com o ex-prefeito de João Pessoa, Ricardo Coutinho (PSB), para as eleições de outubro próximo. O parlamentar vem fazendo várias críticas ao Governo Maranhão III e também ao fato do gestor estadual não ter dado garantia alguma de que o PT permaneceria na vice e até ter desqualificado a legenda e “humilhado” Luciano Cartaxo.

A semana passada o padre disse uma frase forte, digna de quem não tem a política como meio de vida e para promoção pessoal. Após pressão da direção nacional do seu partido para compor chapa com José Maranhão, ele disse que preferia largar a política que manchar a sua história se aliando ao atual governador. Couto, a exemplo de outros políticos, poderia muito bem se calar e aceitar a vice, mas isso não faz o seu estilo.

Individualista, como alguns vêm disseminando, Couto está longe de ser. Diferente de Rodrigo Soares, ele não vem pensando em projetos pessoais. Rodrigo não está sendo nada partidário ao defender o nome de Couto como vice ou senador de José Maranhão. Na verdade, ele pensa apenas em seu próprio projeto.

Caso Couto vá compor a majoritária, abrirá um bom espaço para Rodrigo conseguir se eleger deputado federal, pois vai deixar algumas de suas bases livres. Querendo se eleger para o posto de deputado federal e de olho nos votos de Couto, quem será que está pensando em um projeto individual? Couto que não é.

Outro ato que merece respeito foi o fato de Luiz Couto, mesmo defendendo que o PT se alie ao bloco de oposição, subir na tribuna da Câmara Federal defendendo que sejam apuradas todas as denúncias contra o senador Efraim Morais, pré-candidato á reeleição no grupo que ele anunciou o apoio. Com discurso duro ele cobrou até a cassação do parlamentar.

Muitos não podem concordar com as posturas adotadas por Couto, mas é preciso que o respeitem pela sua história, pela sua coragem e, sobretudo, pela grande colaboração que deu ao Estado da Paraíba na sua atuação como parlamentar.

O padre é um homem destemido, que teve a sua vida ameaçada por mexer em vespeiros. Couto abordou assuntos que ninguém teve coragem de mexer, como a questão dos grupos de extermínio e exploração sexual infantil na Paraíba.

Em minha opinião Luiz Couto é o melhor deputado federal que temos. Nunca fez nada que envergonhasse os paraibanos, pelo contrário, só enche esse estado pequenino de orgulho. O petista é assíduo as sessões, apresenta proposituras voltadas para a coletividade e não para favorecer A ou B e nunca esteve envolvido em nenhum escândalo. Por essas e outros que insisto em dizer que Couto merece todo o respeito dos paraibanos. Por favor, deixem Couto ser coerente.
Clicky Web Analytics